Flor doTrigo

domingo, abril 23, 2006

Lua

Lua
Que da janela, indiscreta,
observa e ilumina meu leito .
Que um dia foi um leito de amor;
Onde vivemos um dia
Uma vida de felicidade
e de encantamento.
Traz-me belas recordações
de um amor que se foi!

Semida Cauduro Rodesky
RJ, dezembro de 2005
posted by Semida at 7:36 PM 6 comments

Lua

Lua
Que da janela, indiscreta,
observa e ilumina meu leito .
Que um dia foi um leito de amor;
Onde vivemos um dia
Uma vida de felicidade
e de encantamento.
Traz-me belas recordações
de um amor que se foi!

Semida Cauduro Rodesky
RJ, dezembro de 2005
posted by Semida at 7:36 PM 0 comments